A Contabilidade como Ferramenta

a contabilidade como ferramentauma das surpresas que nos reserva a economia associativa

A primeira impressão que se tem da "Contabilidade de Partidas Dobradas" (para cada débito um crédito) é que se trata de um tema restrito a especialistas com interesses puramente econômico-financeiros. Mas o fato dela ter surgido durante a Renascença - período de grandes transformações da consciência humana - pode despertar uma reflexão reveladora. Sob essa ótica mais ampla, a Contabilidade ganha destaque significativo como Ferramenta capaz de, muito além dos aspectos econômico-financeiros, contribuir para ampliar nossa consciência a respeito dos processos socioeconômicos crescentemente complexos que demandam novas habilidades e criatividade de todas as pessoas envolvidas.

Da mesma forma como o ponto-de-fuga no desenho em perspectiva aparece na história da pintura acompanhada de uma transformação da percepção visual do mundo ao nosso redor, assim a contabilidade surge - nessa mesma época - possibilitando-nos uma percepção ampliada dos processos que regem as nossas relações com nós mesmos e com a sociedade como um todo.

E da mesma forma como não faria sentido falar apenas teoricamente a respeito da técnica do desenho em perspectiva, assim também a contabilidade demanda ser praticada para que se vivencie o seu verdadeiro significado e poder de atuação no dia a dia de qualquer um.

marco bertalot
Maro Bertalot
é economista e diretor-fundador do Instituto Elo dedicado à pesquisa, cursos e palestras sobre Economia Associativa e Trimembração Social.

 

e2a economia associativa

Mais informações sobre Especialização em Economia Associativa

Cadastre seu endereço de e-mail para receber mais informações sobre a Especialização em Economia Associativa



Assine o nosso informativo:

Our website is protected by DMC Firewall!